Atrair e motivar  colaboradores é um tema cada vez mais difícil. A gamificação tem sido uma opção amplamente utilizada para diversos fins, como melhorar a cultura organizacional, aprimorar a gestão de projetos e até mesmo em processos de recrutamento e seleção, sendo ótima estratégia para atrair e reter talentos.

Continue lendo e saiba mais sobre.

O que é gamificação 

A palavra Gamificação  é um neologismo derivado de um jogo de palavras, que em português significa jogo. Gamificação é a introdução de elementos e mecânicas de jogos nas interações cotidianas, com o objetivo de criar mais engajamento, dinamismo, dedicação e diversão para as atividades. Isso acontece porque esses fatores dão, para quem passa pelo processo, uma sensação de realização, evolução e realização. Então ela é encorajada a continuar neste caminho para completar missões e subir de nível.

 A Gamificação nas empresas

A gamificação corporativa é basicamente o ato de promover um jogo para os funcionários. No entanto, não é um jogo qualquer, o ambiente interativo deve ser criado para proporcionar alguns aspectos semelhantes às atividades realizadas durante a formação profissional.

Então, quando o colaborador consegue atingir os objetivos do jogo, ele recebe uma recompensa por isso. Este é um fator muito importante a ser levado em consideração: gamificação não é entretenimento, mas do ponto de vista técnico.

A recompensa não é derrotar o patrão, mas pode implicar uma evolução do cargo  que o empregado participa na mudança para ocupar, pode ser uma recompensa em dinheiro, um vale para desfrutar de uma lanche gostoso como uma pizza ou um hambúrguer ou um passeio. Proporcionar prêmios em forma de experiências costumam ter boa aceitação e bons resultados nas análises de feedback.

Afinal, o objetivo desse recurso é ajudar as equipes a alcançar os mais altos níveis de desempenho por meio de técnicas de interação, motivação e  feedback em tempo real.